CONSIDERAÇÕES SOBRE   EDUCAÇÃO

9 de junho de 2016

Livros viajantes

Postado em Livros | Tags:, | Deixe seu comentário (0 comentários)

a-lei-da-afinidade-cristina-cairo-8500022531_200x200-PU6e44cb4d_1

Que os livros nos levam a viagens maravilhosas pelo mundo fantástico da imaginação já é um bordão de domínio público. Porém, o que são livros viajantes?

Sempre defendi a postura que livro nasceu para circular. Nada de ficar acumulando pó em estantes ou inertes em gavetas. Livro não nasceu para ser modelo; portanto, não gosta de ficar posando em prateleiras. Um livro só quer e só pensa em circular.
Por isso, acho que devemos emprestar, dar, doar e tenho certeza que voltará para você quando e se você precisar. E, ainda, digo mais, às vezes eles literalmente caem sobre nós.
Eu estava filosofando com uma amiga e ela me ofereceu um livro. O livro me prendeu de tal maneria que eu fui clara e muito honesta com ela:”Não vou devolver!” Rindo, começamos a discutir sobre o livro e ela se questionava se realmente havia lido o livro pois não se recordava de vários pontos que eu mencionava.
Decidida  a não devolver o livro, certo dia, ao procurar um DVD, eis que cai em meu colo o mesmo livro, na verdade o MEU livro. Nesse momento surpreendi-me concluindo:”Meu Deus, eu também lera o livro e não lembrava!”
Viu, acredite em mim, livro quer passear de mão em mão, de colo em colo.afinidade 1



16 de junho de 2015

Um Diário diferente

Postado em Livros | Tags:, | Deixe seu comentário (0 comentários)

diarioSempre tive um diário, sempre quero dizer desde que me lembro,mesmo sem saber escrever, eu já desenhava. E mantenho este hábito até hoje. Recentemente, ganhei este diário de uma amiga e estou adorando o desafio que se coloca em cada página. Cada um tem sua forma de relaxar e de refletir. A minha maneira não é pintando, é escrevendo. Minha amiga acertou em cheio, pois este é para mim o caminho do auto conhecimento e da análise de minha vida.

Escrevendo eu me desabafo com o papel, clareio minhas ideias, reflito, caminho rumo ao autoconhecimento e encontro soluções para situações difíceis. Ao reler, observo o quanto melhorei, progredi ou continuo sem mudanças. Verifico meu caminho e minha missão neste mundo. Cresço!

#1Pagina

IMG_0647

 



27 de junho de 2014

Aviso -prévio de namoro

Postado em Livros | Tags:, | Deixe seu comentário (0 comentários)

livroEis que eu estava na academia numa emenda de feriado, então havia apenas quatro pessoas na academia:dois homens e duas mulheres. Neste ambiente fechado, foi impossível não haver um maior entrosamento onde cada pessoa começou a se desabafar. Os homens começaram a comentar sobre seus relacionamentos afetivos. Um disse: “Minha namorada é uma amor, mas eu disse que queria dormir cedo pois tinha que trabalhar e ela ficou reclamando que tinha que adiantar o almoço ..que eu não era mais o mesmo..que nosso relacionamento mudou..Claro que mudou, já faz um ano que estamos juntos!!!”
O outro rapaz complementou;” Minha namorada também é dez, eu adoro estar com ela, mas às vezes pega pesado. Não entende nada que eu falo.”
Divagando e se desabafando confessaram que nunca terminaram um relacionamento.Morrem de medo que a mulher comece chorando ou peça para dar mais uma chance. Receiam um escândalo. Por isso, preferem levar as namoradas a terminar o relacionamento.
Um ainda confessou que aos treze anos terminou o namoro para nunca mais. Ficou traumatizado.
Não resistindo comentei sobre o livro Ele simplesmente não está a fim de você. Neste livro, o autor Greg Behrendt, coloca que os homens têm muita dificuldade para falar de sentimentos, por isso, evitam encerrar um relacionamento ou até mesmo discuti-lo.
Por outro lado, não posso culpá-los, um amigo tentou terminar o relacionamento e ouviu a seguinte proposta:”Não podemos esperar passar o Natal?” Ao ouvir esta história, não me contive e perguntei: “Então, você está cumprindo aviso prévio de namoro??????”
Os rapazes confessaram que é exatamente isso. Confessaram-se totalmente incompetentes para lidar  ou falar de sentimentos. É, meninas, pelo jeito, os homens ainda levarão um bom tempo simplesmente desaparecendo, terminando por redes sociais ou usando a técnica  de conduzir a namorada ao fim do relacionamento. Eles preferem como diz o autor do livro supra-citado: “Muitas mulheres não percebem quando não queremos mais nada com elas e, mesmo com todos os indícios disso, acreditam que um dia, de uma hora para outra, vamos perceber que ela é o amor da nossa vida e voltaremos correndo para os braços delas”. 
Por isso, eles somem ou não entram em contato. Em tempos de alta tecnologia, só não entra em contato via celular, mensagem de texto, FB, twitter,Lindkin sinal de fumaça quem não quer. Pronto falei!!! ACORDA!!!!!!



30 de abril de 2014

Divergente

Postado em Livros | Tags: | Deixe seu comentário (1 comentário)

divergetneCom o frenesi causado pelo filme Divergente, acredito ser interessante lançar uma reflexão sobre a mensagem passada.

A educação sempre foi uma ferramenta em prol de quem detém o poder. Desde tenra idade, qualquer coisa pode ser ensinada e rebelar-se contra os ensinamentos dados durante a primeira infância é muito difícil. Karl Max já afirmava que se lhe entregassem um bebê por seis anos,após este período, ele devolveria aos pais um comunista convicto,ou seja, ele sabia a importância da primeira infância e das marcas indeléveis deixadas. Por isso, ressalto a importância dos educadores na construção do conhecimento e na formação de nossa sociedade. Não podemos nos permitir cair na rotina, faz-se necessária a constante análise do caminho a seguir.

No livro, Divergente de Veronica Roth, a mãe da personagem principal explica o que é ser divergente:

“Todas as facções condicionam seus membros a pensar e agir de determinada maneira. E a maioria das pessoas faz exatamente isso. Para a maior parte das pessoas, não é difícil aprender, encontrar uma linha de pensamento que funcione e seguir por ela.Mas, nossas mentes ( mentes divergentes) movem-se em dezenas de direções diferentes. Não podemos ficar confinados a uma única maneira de pensar, e isso apavora nossos líderes. Isso significa que não podemos ser controlados. E significa que, não importa o que eles façam, nós sempre causaremos problemas para eles.”(p. 455, Divergente)

O livro nos lembra que ninguém é somente altruísta, audaz, franco, amigo ou erudito. Todos temos  habilidades que merecem ser respeitadas e desenvolvidas. Todavia, também nos mostra que os líderes temem aqueles que fogem dos estereótipos e clamam por mudanças.

Vale a reflexão!

 



15 de abril de 2014

Construindo muros

Postado em Livros | Tags:, , | Deixe seu comentário (2 comentários)

185459_197073603685595_157874747605481_541487_7841447_nLi no livro Comprometida de Elizabeth Gilbert que, ao contrário do que se pensa, não é o fim do amor que destrói o casamento, mas é o muro que se interpõe entre o casal cada vez que um deles conta uma mentira ou omite um fato.Parei a leitura e comecei refletindo sobre o assunto. Comecei observando quantas vezes vejo conhecidos e amigos em geral mentindo sobre coisas tão fúteis como ao invés de ir para a academia, ir para o Shopping Center, ir para o happy hour e alegar estar fazendo hora-extra, omitir que faltou na aula de inglês ou na pós e ficou no barzinho com os amigos. Fiquei imaginando se em cada um desses momentos as pessoas estariam construindo paredes ao seu redor como em The Cask of Amontillado de Edgar Allan Poe e afastando-se do(a) parceiro(a).
Assistindo a novela Aquele Beijo, lembrei-me do citado livro. Na novela, Vicente esconde da esposa Lucena a atração incontrolável que sente por Cláudia. Ele procura resistir a esse sentimento, mas a atração entre ambos parece ser irresistível. Por outro lado, Lucena esconde fatos relacionados ao primeiro casamento, inclusive o fato de estar esperando um filho do primeiro marido. Estas omissões e mentiras  levam a outras omissões e mentiras acompanhadas de acusações e ciúmes.Cada vez que Lucena declara sentir ciúme da atração clara e mútua que existe entre Vicente e Cláudia, Vicente menciona o casamento de Lucena e os telefonemas que ela e o ex-marido trocam. Lucena recua, constrói mais um muro, e foge do assunto. Vicente, por sua vez, sente-se culpado e compra presentes. Porém, quando se sente acuado pelas acusações da esposa, defende-se mencionando o ex-marido. Neste círculo, o relacionamento de ambos vai se esfarelando e, em algum momento, a muralha será intransponível. Cuidado com os muros pois eles não surgem de repente.



25 de março de 2014

Agora

Postado em Crônicas e Histórias, Livros | | Deixe seu comentário (1 comentário)

presentesOutro dia, meu filho disse a seguinte frase:”Quem vive de presente é aniversariante.”.Esta frase calou fundo dentro do meu ser, pois estou num momento bem reflexivo sobre minha mente viajante.
               Tenho uma amiga queridíssima da ginástica que está sempre me trazendo de volta à terra dizendo: ” Deixa a lista de supermercado pra depois” ou “ As contas você resolve depois da aula”.  Na brincadeira e carinhosamente, ela me ajuda a focar na aula e esquecer o futuro e as obrigações.
Como professora, minha mente foi imediatamente recitar Manuel Bandeira:

“Só o passado verdadeiramente nos pertence. 
  O presente?
  O presente não existe.
  O futuro diz o povo que a Deus pertence..
  A Deus…Ora, adeus!”

                  Um amigo  sugeriu-me  a leitura do livro O Poder do Agora de Eckhart Tolle. Refletindo sobre o tema com a ajuda do livro, estou numa frenética busca de viver o presente.  Relembrar o passado, só serve para sofrer novamente por fatos imutáveis. É importante aprender a lição, perdoar e seguir em frente. Por outro lado,preocupar-se com o futuro é gerar expectativa e ansiedade por momentos que talvez nem aconteçam. É o famoso pré- ocupar-se desnecessariamente. Constitui simples desperdício de energia.
                   A tarefa não é fácil. Viver concentrado no agora. Na verdade, é uma delícia, mas a mente teima em seguir outros rumos. Estou numa empreitada séria. Por exemplo, eu estava viajando e no meio de um museu ou diante de uma linda paisagem, pensava:” Quando voltar para casa, preciso marcar uma consulta com o dermatologista.”.Típico pensamento desnecessário. Então, voltava-me para o AGORA. Prestava atenção aos detalhes do local e dos momentos que eu estava vivendo de modo a ficar concentrada no momento presente. Bem, se quem vive de passado é museu e  quem vive de futuro é vidente, melhor viver o HOJE, mesmo não sendo aniversariante, afinal, quem não gosta de dar e receber presentes.



11 de março de 2014

Cinquenta tons de cinza

Postado em Livros | | Deixe seu comentário (0 comentários)

50 tonsAs Férias chegaram..finalmente..sem aulas para preparar..nem trabalhos da pós..muito menos leituras obrigatórias..Bem, hora de relaxar. Por isso, resolvi ler algo que não me permitisse analisar nem filosofar. Segundo o conselho de minha filha e alunas, dediquei-me a ler Cinquenta Tons de Cinza de E.L.James.
À princípio, fez-me lembrar daqueles livros de banca de jornal tipo Sabrina, Bianca e outros do gênero. Por isso, decidi não comentar sobre as tórridas cenas de sexo pois vários blogs já se  dedicaram a isso, vou chamar a atenção para  alguns conselhos dados pela mãe, cujo nome é Carla, para a filha Anastácia:
                              “ – Os homens são muito complicados, Ana, querida. São criaturas muito simples e literais. Normalmente o que eles falam é o que pensam mesmo. E a gente passa horas tentando analisar o que falaram, quando está na cara. Se eu fosse você, eu o tomaria ao pé da letra.Isso pode ajudar.” ( página 354)
Observando a colocação extraída do livro, observamos que nós, mulheres, cheias de elucubrações mentais complicamos o que é simples. Talvez como  dizem os homens, nós é que complicamos tudo procurando razões e motivos em cada palavra ou atitude.
                                 “- Está vendo, Ana, os homens acham que tudo que sai da boca de uma mulher é um problema a ser resolvido. Não uma vaga ideia que a gente gostaria de lançar e discutir um pouco  e depois esquecer. Os homens preferem ação.” (p.368)
Eu já mencionei numa postagem anterior, que aprendi com Içami Tiba, que a  mulher resolve seus problemas falando sobre eles. Não é uma indireta, é apenas uma característica feminina: descrever o sentimento ou angústia que passa pelo seu íntimo, às vezes, apenas fruto da TPM que desaparecerá  pela manhã.Já, o homem quer ação, busca logo meios práticos de solucionar o problema.
                                 “- Faça o que seu coração mandar, querida,e, por favor, por favor, tente não pensar demais nas coisas. Ainda tem muito que viver, simplesmente deixe rolar. Você merece o melhor de tudo.” (p.419)
Para encerrar, fica o conselho de  Carla, conecte-se com o seu eu interior e tome decisões que são acertadas para você. Fale com as amigas, mas siga sua intuição. E, principalmente, tenha em mente: VOCÊ MERECE O MELHOR!



Cinquenta tons de cinza e a deusa interior

Postado em Livros | Tags:, , | Deixe seu comentário (0 comentários)

50Todo  mundo ao iniciar a leitura de Os cinquenta tons de cinza, de  E L James,  surpreende-se com as menções que a personagem Anastácia faz a sua deusa interior. À princípio, o leitor fica confuso mas com o tempo começa a entender, curtir e se divertir com as colocações e posturas da deusa interior.
“Minha deusa interior está de joelhos, suplicando com as mãos unidas.”(p.38, in Cinqüenta tons mais escuros)
“Minha deusa interior ergue o olhar e fica atenta.” (p.65, in Cinqüenta tons mais escuros)
“Ah, sim. Minha deusa interior dá uma pirueta tripla em seus patins.” (p 138 in Cinqüenta tons mais escuros)
Pode  ser chamada  de alma, espírito, eu profundo, inconsciente, mas na verdade representa a  essência, o que realmente vai no  íntimo. Ser conhecedor das profundezas  e dos meandros de nossas almas ou do nosso interior ajuda a tomar decisões e a encarar a razão mesmo quando esta vai  contra o que pede, exige e conclama nossa deusa interior. Apesar de parecer fácil, não é missão simples, pois nossas reais emoções estão muitas vezes misturadas ou tão escondidas que parecem estar num baile de máscaras:
“Meu inconsciente estreita os olhos.(p.139)
“Meu inconsciente me  olha com aprovação, sorrindo em vez de contrair a boca como de costume.” (p.185)
Para alcançar este nível de autoconhecimento, é necessário determinação, coragem e auto- análise. Praticar aquela ideia de orar sem cessar que aconselha a Bíblia, ou seja, parar para refletir constantemente. Na atribulação do dia-a-dia, faz-se necessário reservar algumas horas para meditar sobre o que realmente vai em nossas almas.Com certeza, encontraremos nossa deusa sorrindo com nossas atitudes, sisuda nos censurando, encolhida atrás do sofá,dando saltos triplos de alegria ou nos aconselhando e dizendo certas verdades que insistimos em não ver/ouvir:
“Sim, você é uma sortuda filha da mãe, meu inconsciente exclama. Mas você ainda tem um longo caminho pela frente. Ele não vai querer essa porcaria de baunilha para sempre…você vai ter que ceder.Mentalmente, fito seu rosto insolente e crítico, e descanso a cabeça no peito de Christian. Lá no fundo sei que meu inconsciente tem razão, no entanto, afasto o pensamento. Não quero estragar meu dia. “ ( p.199)
O autoconhecimento ajuda a  compreender o porquê implicamos com determinadas pessoas ou atitudes. Às vezes, camuflamos como sensatez, mas escondemos o real sentimento de inveja, ciúmes, raiva.
Psicólogos insistem em afirmar que tudo aquilo que criticamos nos outros é exatamente aquela atitude que censuramos em nós mesmos e,inconscientemente, sabemos que somos ou agimos  igualmente. Por não gostar disso em nós, criticamos quando vemos nos outros. Por exemplo, quando estamos sempre criticando a mania de controle excessiva de alguém, estamos, na verdade, criticando essa característica em nós mesmos, caso contrário, ela não nos incomodaria tanto.
Por outro lado, diz a Psicologia, que tudo que invejamos nos outros, constitui-se exatamente em invejar aquilo que o outro já despertou dentro de si e nós ainda não, embora saibamos ter essa qualidade ou atributo latente.
Em sua coluna no jornal, Luiz Alca de Sant`Anna disse certa vez: ” Eis porque as pessoas que se questionam, que buscam o auto-conhecimento, que não têm tanto medo de se analisar, ganham uma preciosa liberdade. Pena que tão poucas entendam isso e fujam dos questionamentos como o diabo da cruz, entregando-se, ao consumo e à superficialidade como válvula de escape.”
Por isso, converse com sua deusa interior francamente:
“Minha deusa interior concorda freneticamente com  a cabeça e me cutuca com força.”(p.211)
Só assim chegarás ao nível da nossa protagonista!



7 de março de 2014

Questões do coração

Postado em Crônicas e Histórias, Livros | Tags: | Deixe seu comentário (0 comentários)

questõesAo ler  Questões do Coração de Emily Giffin,  deparei com uma cena em que mãe e filha conversam sobre um livro  e sobre a vida:

                     ”- Seu pai e eu ainda morávamos no Brooklin. Não tínhamos nada naquela época, mas éramos tão felizes, acho que foi a melhor época da minha vida.”
 
                         Às vezes, precisamos realmente fazer uma retrospectiva, analisar nossos atos passados,mas não para entrar em depressão, para analisar e crescer observando tudo pelo qual passamos. Tudo faz parte da nossa jornada e nos leva ao crescimento, tornando-nos pessoas melhores.Essa visão de que éramos felizes porque éramos pobres, precisa ser corrigida. Anos de programação errônea nos fazem carregar essa premissa, perpetuando-se em nosso inconsciente e no de nossos descendentes. As pessoas mudam, caminham  e a prosperidade deve ser vista como um direito, uma escolha.
                        “- Quando foi que você e papai ….pararam de ser felizes?” – perguntei.
                        “-Ah, não sei. Foi aos poucos, e mesmo pouco antes do fim passamos por bons momentos. - Então sorriu o tipo de sorriso que tanto pode anteceder lágrimas quanto uma risada. - Aquele homem, ele conseguia ser tão encantador e espirituoso.”
 
                        É muito difícil constatar quando um relacionamento chega ao fim e qual o verdadeiro motivo. Em alguns casos, nunca houve um união. Uma amiga um dia me confessou que nunca quis casar, foi levada a se casar por força da sociedade e da família. Outros seguiram o que era esperado deles.Alguns, realmente, trilharam um caminho de união, amor,amizade e respeito juntos. Outros casais começaram a trilhar caminhos diferentes quando os filhos nasceram e a rotina de obrigações começou a minar cada momento de interação juntos.Por vezes, a evolução de ambos se dá de  maneira diferente e cada um é um novo ser completamente diferente daquele de anos atrás. Não há culpa, são caminhos diferentes.

 



1 de fevereiro de 2014

Somos de planetas diferentes?

Postado em Educação, Livros | | Deixe seu comentário (1 comentário)

MarteAssistindo  a uma palestra de Içami Tiba, chamou minha atenção a maneira como o palestrante define e explica as diferenças de comportamento entre homens e mulheres. Segundo o autor de vários livros, as mulheres resolvem seus problemas falando sobre eles. Nós, mulheres, contamos o que nos preocupa para várias mulheres sem buscar que nos deem conselhos ou soluções. O simples fato de colocar em palavras o que nos aflige, alivia e parece encaminhar as questões para uma solução.
Já os homens, ao ouvir o desabafo feminino, começam imediatamente a tentar encontrar soluções. O homem é prático e ágil. Ele busca ação. Por outro lado, quando o homem está com problemas, ele se fecha em sua caverna como bem explica John Gray em seu livro Homens são de Marte , Mulheres são de Vênus, e busca solidão e silêncio.
A mulher, em contrapartida, fica enlouquecida quando o homem está nesse momento caverna e não o deixa em Paz, pois é conversando que ela esclarece e enxerga melhor seus problemas. Neste livro, aprendi que no momento em que um homem entra em sua caverna, o melhor é deixá-lo e respeitar seu momento de solidão. Também, ressalto que , se estamos querendo apenas discursar sobre um assunto, não adianta falar com um homem, pois ele vai querer colocar as mãos em prática e achar soluções para o problema.
Outro ponto interessantíssimo do livro mencionado,  é que nunca se fala para um homem –“Depois você vai comprar isto para mim?” O homem entende ao pé da letra. Depois é depois. Já a mulher quer dizer – “Vai comprar isto AGORA.” Então, precisamos ser claras em nossas mensagens, sem deixar espaços para dúvidas.
Vamos observar e comparar. O livro é interessante, de leitura fácil e muito divertido.



Categorias

Tags

50 tonsA bela Adormecidaa deusa interiorA força dos quietosA lei da Afinidadea vida nua e cruaABela e a Feraabraçoação do coraçãoácarosacusaçõesAdam J. Kurtzadaptação na escolaadjetivosadministrando o tempoadmirável mundo novoadolescentesaduboaeroportoAldous HuxleyalegriaAlemanhaalfabetizaçãoAlice no país das maravilhasalimentaçãoAlsacealternativasamareloamigosamor caninoamplemannanjoanjosAnorexiaansiedadeanti-culturasAntonio ManzioneAPAEapelidosaprendendo a esquiaraprendendo a falaraprendendo alemãoaprendendo portuguêsaprender alemãoaprender idiomas.aprender inglêsaprender línguasaprender outra línguaAquarelaaromasAromaterapiaArquimedesarrumaçãoarrumarartigosAT Revistaatendimento ao telefoneatrasosatravessar a ruaatualizaçãoaula de história para criançasaula para criançasaulas de educação físicaaulas de inclusãoaulas para estrangeirossautismoavaliaçãoavaliaçõesaviãoazulbagunçabalançabalançobancosbanheiro. ida ao banheirobanho imersãobarreirasbarulhosbateriasbatonsBaváriabebêsBeethovenBela adormecidabem sucedidoBerlimBgbíbliabibliotecabilinguismoBilinguismo tv recordBilnguismoblog da Oxfordbolinho de chuvabolsaborboletabordadoBranca de neve modernabranquinhobrigaBriga entre irmãosbrincar de rodabrinquedosbruxasBulimiabullyingbuscar filho de pijamacabcabidescabrascachorrocafécafé da manhãcafé da tardecair e levantarcaixa eletrônicoCambridgecãmeras de segurançaCamõesCanyon BrasileirocapoeiraCarlos Drummond de Andradecarro erradocarro novocarro que não pegaCartacartascartõescasteloscelularcenourascérbrocérebrocertificadocervejaCésarcéucéu abertochá das cincocheiroschoque culturalchoroChristian BarbosaciclosCientistascinco sentidoscinquenta tons de cinzaclarãocoachingcoisas de mãecoisas quebrndo em casacolcha de retalhoscoleçãocomidacomo escolher uma escolacomo não esquecer das coisascompartilharcompetitividadecomplexocomprascompras coletivascompras onlinecompreender as mulheresComprometidaconcentraçãoconfraternizaçãocongressoconscienteconsistênciacontascontos de fadacontrole de pesocontrole remotoconversar com homensconvitesconvivência familiarcoordenação motoracorescorreiocorrer atráscorrupçãocortar-seCortellacozinhando em famíliacozinharcpflcrendicescriança choronacriançascrianças cristalcriando hamsterscriatividadecristalcríticacríticascrizeiroscromoterapiacrônicacrossing linesCruzeiroscruzesCrystal Symphonyculináriacurriculum vitaecurso de extensãocursoscursos extrascuttingCVdanças circularesdecorardefiniçãodeixa a vida me levarDemidepressãodesculpasdesejodesempregodesmotivaçãodespedidadesvantagens do extrovertidodia das criançasdia das mãesdiáriodias de chuvadicasdicas para estágiodificuldades de aprendizagemdiplomaDislexiaDisneyditadoDivergentedois mesesdormirDownton AbbyDRDra Ellen BialystockDra Ellen BislystockEADeconomiaeducaçãoEle simplesmente não está a fim de vocêeleiçõeselevadorElizabeth Gilbertelogioelogiosem RomaEmagreceremoçõesemojisemoticonsempregadoempregávelempregoemprestar livrosenergia negativaenfurecer um estrangeiroensinarentrada em bancosentrevistaenvelhecerenvelhecimentoEric R Kandelerrorexerroserros. MalévolaervasEscola de princesasescolas bilinguesescolas públicasescorregadorescreverEspecialistasespiritismoesquiarestação de skiestacionar no conhecimentoestudando em casaestudarestudo do meioestudosEurekaexamesexchangeexemplosexercitarexpectativa de professoresexperiênciasExperimento de Rosenthalextroversãoextrovertidofalar com meninosfalta de tempofamíliafasesfatores motivacionaisfaxinaFEIfeijãofeijoadafeijõesfelicidadefériasFernando TorquatoferrofestaFGVficando independentefichasfilho pródigofilhosfilhos crescemfilhos e filhasfilhos e trabalhofilhos oufilhos saindo de casafilosofarfilosofiafim de anofinançasflashcardsflor azulfocofomeformigasfórmulasfrases para viagemfrustraçãofrustraçõesfurãogaleriagangorragarantido e caprichosoGardnerGato de CheshireGBgeléiagenéticageografiageração nem-nemgeração Xgerações Xgestaçãogestão de pessoasgol begeGolemanGordon ShawgravidezgritosguaranáguardaGuimarães RosaGustavo Cerbasihábitoshábitos brasileiroshackerHarrodsHarry PotterHeidelbergHelen BuckleyHérculeshistóriahistória das pedrashistória em quadrinhoshistória recentehistórias de frustraçõesHofbrauhaushomenagemhora de dormirIçami TibaicebreakerimigraçãoimitaçãoimpostosimpulsoinclusãoinconscienteindigoinfânciainflaçãoInglaterrainsightinstintoInsurgenteinteligência emocionalintercâmbiointercâmbio em casaintercambistasinterdisciplinaridade.internetinvejainvestigaçãoirmãosIsaac NewtonItaimbezinhoItáliaJapãojardinagemJay AsherJeffersonianjogo de memóriajogos na educaçãojovensKidzanialanche saudávellanches escolareslaranjalatimleiituraleituralembranças da infâncialenda do porco espinholerLewis CarrollLi WEElição de casaliçõeslições para sempreLifelimiteslíngua estrangeiralinguagem de criançalinguagem familiarlínguaslivro e filmelivrosLondresLondres em um dialsaber erLuiz Alca de Sant`Annaluzes de natalM&Mmaçã azulmãemãe e filhamãesmais ou menosmalasmandalasmaniasmaquiagemMário Sérgio CortellamariposamassaMatemáticamaterial escolarmau olhadomedomedo de crescermedo de mãemedo de voarmemóriaMemorial do Holocaustomemorizarmeninos emeninasmensagens genéricasmentes criadorasMergulhomesencéfalometasmeteorosmétodo fônicométodos para aprender línguasMetrôMiamiMillennialsmiolomissão cumpridamitosmitos alimentaresmodamoedamotivando os filhosmotivating studentsmovimento escoteiroMozartmudançasmulheresmultilinguasmundo realMuniquemuromúsculosmuseuMuseu da Farmáciamúsica de fundonascerNatalnavionetflixneurologistasNeuschwansteinnighty nightninho vazioNomofobianotas baixasnotas escolaresnova escolanova línguanova ortografiaNova Yorknovos rumosnúmeroso que as mulheres queremo que queremOABobediênciaobras sociaisobrigações dos paisonlineONUOração de São Franciscoordem das coisasorganizaçãoorganização de tempoos 13 porquêsotimismooutonoovelha negraovopaispais e filhospalavraspalavras mágicaspãopapéispapo de mulherpapo modernoparábolasparquepassarinhopasseiopassos da elaboração de uma questãopassos de uma aulaPaulo CoelhoPaulo Freirepedraspenetrapensarperguntasperguntas na escolha da escolaperigospersonalidadepés de feijãopesquisasPeter Panpilares da educaçãopinoplanejamentosplanilhaplateaupoderpokemonpokemon gopolegarespontualidadepop-up dispenserPortugalpós estudosPprofissãoprancha de surfprazerprazospreconceitoprenúnciospresentepresentespresntepressaprimeiro dia de aulaprioridadesprojetoprovasprovérbio portuguêspsicólogosPuccapular corda.pulseiraquarto de adolescentesquartosQuestões do coraçãoquestões em brancoquintalranzinzarecados para uma filha; revelaçõesreceitareceitas de boloredaçãoredaçõesredes sociaisreforço positivorelacionamentosremédioresiliênciareunião de condomínioreunião de paisreunião pedagógica; Tarja Brancarevelaçõesrevisão de provaridículoritalinaRobert WongRoberto Shinyashikirodarolinho de lagostarotinarótulosruasala de esperasaudadesaudadessaúdeSavernesconesseduçãoseguradorasegurança na saída da escolaseleçãosemáforosementesSempre nas nuvenssentimentossentimentos negativosser felizsérieséries de tvsete anõesShawsilábicosimplicidadeskiarskypeslacklinesmatphonessolidariedadesonhossouvenirsSteve JobsStrasbourgsubwaysucessosuper proteçãoTaiwantamanho.bijuteriastarefa dos paistarefasTarja BrancaTDATDAHTEAtécnica para vencer o medotécnicas de aprendizagemtécnicas de despedidatécnicas de ensinotecnologiatecnologia e m sala de aulatempotempo livretempo voaTerezinha Riosterrateste de aptidãotestestexto criativotextos perdidos.The Bilingualism ReaderThe walking deadtimidezTobias BarretoTOCTony Bellottotopo da montanhatortastrabalhandotrabalho do professortrabalho em grupotrabalhos escolarestreinamentotreinamento para alegriatreinotrematributotrigotristezastudo passatvuma família grandeundergroundUnescovantagemvantagens de ser bilinguevencendo a timidezVencendo o TDAHvencer o medoventiladorverbas.verdevermelhovestibular. estudarviagemviagem a Londesviajarvidavida de mulhervideo classvinagreviolãoviolênciaviolinovirusvisãovítimavivovizinhosvoovovósWashington Olivettowhat´s appwowYY ZZ e millenium

Arquivos