CONSIDERAÇÕES SOBRE   EDUCAÇÃO

9 de maio de 2016

Saudades de mãe

Postado em Pedacinhos de mim | Tags:, , | Deixe seu comentário (0 comentários)

Mãe, a gente nunca esquece…aquele braço que cura e afaga a alma……o suco de laranja na cama porque cura a ressaca pós balada…ah e as roupas..sabia passar como ninguém..costurar então, veloz e perfeita como num passe mágica…é, minha mãe tinha poderes mágicos. adivinhava meus medos, minhas vontades e me impulsionava para arriscar. Fazia um pudim de leite condensado que nós amávamos. E a torta de limão…hum…ímpar..o quindão….ai melhor nem lembrar…….Além disso, era só pedir – Mãe, reza por mim! E tínhamos a certeza que tudo daria certo…- Acende uma vela, Mãe! E ela se punha a rezar. Aos domingos, às vezes, ainda sinto o cheiro daquele frango com batatas e a macarronada com farofa…Sinto saudades de contar histórias, fazer planos, sonhar com o futuro…rever o passado…riamos tanto ..tanto até chorar…Ainda ouço o som da máquina de costura fazendo uma roupa nova pra eu usar na mesma noite….Ela exigia muito..nota boa não servia..tinha que ser Dez! Horário marcado ..horário cumprido..Porém, ela se doava muito também. Sentava na beirada da minha cama e ouvia as histórias do que tinha acontecido nas festas e discos…ouvia todas as fofocas..ria..aconselhava..afagava meus cabelos, dava um beijo na testa e dizia boa noite..um trilhão de vezes…isso eu também faço…abria a janela do quarto pela manhã e dizia..-Tá sol..já pra praia!…entregava o copo com suco de laranja e saia dizendo –É cedo que se começa o dia! E quem dormia quando ela estava em casa? Eu lembro que eu odiava lavar louça…então ela sempre trocava comigo..ela lavava e eu limpava as janelas…a menos que eu quisesse uma roupa para aquele dia..ah aí ..o preço era lavar a louça mesmo..mas as mãos de fada dela ..eram ligeiras…enquanto eu lavava a louça, ela surgia com uma saia, uma blusa ou um vestido…O sacrifício valia a pena. Hoje lavo louça e nem ligo..o pior é que nem ganho roupa nova…rs..quando passo roupa ou tenho que costurar algo..rezo pra minha mãezinha…quem sabe de onde ela está, consegue me iluminar..e eu faço alguma coisa certa..às vezes, penso.- Será que ela me acharia uma boa mãe? Ela dizia que eu tinha um dom..o dom de fazer as pessoas felizes..ah e dizia que eu era muito esforçada…porque inteligente ..ah esse era o meu irmão..Saudades eternas!13133225_10209236167332061_8612718852159578439_n



15 de novembro de 2013

Mãe é tudo igual, só muda….

Postado em Crônicas e Histórias | Tags:, , , , , | Deixe seu comentário (2 comentários)

quarto

 

Dizem que mães são todas iguais, só mudando o nome e endereço. Bem, eu digo que filhos são todos iguais, só mudando o nome e endereço.

Outro dia, de uma maneira simpática pedi que minha filha arrumasse o quarto dela. Ela, educadamente, me respondeu que acabara de aprender com o Professor de Física ( ai se eu pego esse professor!) que o mundo origina-se do Caos e voltará para o Caos, ergo para que arrumar o caos do quarto dela, se ele voltará para o CAOS.

Então, resolvi desabafar o caso com meus alunos. Péssima idéia!!!! Eles me explicaram que o professor de Biologia ( outro professor que coloquei na minha lista negra) explicou que a cama feita é um ambiente propício para a proliferação de ácaros.Portanto, melhor não fazer a cama.

Resumindo, assim caminha a humanidade, as mães tentam ensinar os filhos a cooperar nos serviços de casa  e os filhos buscam fugir da empreitada.



13 de novembro de 2013

Tributo à minha mãe

Postado em Pedacinhos de mim | Tags:, , , , , | Deixe seu comentário (0 comentários)

 

 

A única certeza que tive durante toda a minha infância é que a minha mãe sempre estaria ali. Afinal, desde que nasci, ela me amparou e jamais nos desgrudamos. Amigos, vizinhos, parentes, escolas, casas..todos passaram porém, eu tinha certeza que ela nunca passaria. Lembro-me  muito bem,  de, em alguns momentos de insegurança,  ter confirmado com ela esta minha certeza e ela sempre respondeu que   ficaria para  semente . Com esta resposta eu sempre me punha a correr sorrindo feliz.

Certa feita, já mais velha, questionei o que isso queria dizer exatamente. E, com muito cuidado, ela me explicou que no mundo, as pessoas precisam morrer para que outras venham a nascer, porém, provavelmente ao ver meu triste semblante, ela continuou explicando que Deus permitia que algumas pessoas ficassem, como sementes, para produzir mais frutos e novas mudas.

Com pesar, descobri que minha mãe me contara algumas poucas mentiras. Por exemplo, ela  me contou que uma ave chamada  cegonha trazia bebês e que Papai Noel, um bom velhinho, trazia presentes para crianças boazinhas.De maneira alguma, fiquei frustrada ou magoada quando descobri que estas histórias não eram verdadeiras; entretanto, sofri muito ao me deparar com a dura realidade de que aquela pessoa que sempre me acompanhou, que sempre estivera comigo, não mais faria parte deste mundo.

O inimaginável me atingiu. A história de ficar para semente  também não era verdadeira. Por muito tempo pedi muito a ela, que resistisse e não me abandonasse. Implorei chorando e dizendo que eu precisava muito dela. Todavia, percebi que o sofrimento era muito grande e que era eu que não deixava que ela se desligasse pois, mais  uma vez, como tantas outras, ela pensava primeiro em mim.Quando tive consciência disso,  resolvi que teria que ter a conversa mais difícil da minha vida. Sozinha com ela, tomei coragem, engoli o choro e disse que eu estava muito bem e que ficaria muito bem, que ela não precisava mais ficar neste mundo. A missão dela estava cumprida e ela poderia voltar para os braços de Deus que a esperava. Ainda reforcei que eu ficaria bem e que ela não precisava mais sofrer e se preocupar comigo, poderia seguir seu caminho em Paz.

Naquela noite, ela se foi. Acredito que ela estava realmente esperando pelas minhas palavras para partir pois já havia se passado um ano desde que os médicos a desenganaram e ela permanecia lutando e sofrendo. Foi e é muito difícil. Às vezes, me arrependo, talvez se eu tivesse pedido para ela ficar…mas, depois vejo que cada um tem seu momento. Ela já havia cumprido a missão dela.
Por outro lado, descobri que ela ficou para semente sim. Ela nunca mentira. Ela ficou em tudo que me ensinou  em tudo que vivemos juntas.

Esta semana recebi um email em que a autora dizia eu me tornei a minha mãe, e é exatamente isso. Com o passar dos anos, me vejo repetindo as mesmas frases, contando as mesmas histórias, agindo como ela agia. Surpreendo-me fazendo escolhas com base no que ela já dissera ou  no que acho que ela diria. Sonho com ela e, nestes sonhos, ela puxa minhas orelhas, me aconselha, faz pedidos ou, simplesmente, me abraça. Acordo e fico triste durante o dia todo, pois por alguns segundos senti o toque, o afago e queria mais. A realidade ainda é dura, porém hoje tenho certeza que ela jamais mentiu pois ficou realmente pra semente  em cada gesto ou palavra minha para o resto da minha vida. Prefiro acreditar nas palavras de Guimarães Rosa: minha mãe não morreu, ficou encantada.
violetas
Violetas- as favoritas de minha mãe

 



Categorias

Tags

50 tonsA bela Adormecidaa deusa interiorA força dos quietosA lei da Afinidadea vida nua e cruaABela e a Feraabraçoação do coraçãoácarosacusaçõesAdam J. Kurtzadaptaçãoadaptação na escolaadjetivosadministrando o tempoadmirável mundo novoadolescentesaduboaeroportoagendaAldous HuxleyalegriaAlemanhaalfabetizaçãoAlice no país das maravilhasalimentaçãoAlsacealternativasamareloamigosamor caninoamplemannanjoanjosAnorexiaansiedadeanti-culturasAntonio ManzioneAPAEapelidosaprendendo a esquiaraprendendo a falaraprendendo alemãoaprendendo portuguêsaprender alemãoaprender idiomas.aprender inglêsaprender línguasaprender outra línguaAquarelaaromasAromaterapiaArquimedesarrumaçãoarrumarartigosArtur TávolaAT Revistaatendimento ao telefoneatrasosatravessar a ruaatualizaçãoaula de história para criançasaula para criançasaulas de educação físicaaulas de inclusãoaulas para estrangeirossautismoavaliaçãoavaliaçõesaviãoazulbagunçabalançabalançobancosbanheiro. ida ao banheirobanhobanho imersãobarreirasbarulhosbateriasbatonsBaváriabebêsBeethovenBela adormecidabem sucedidoBerlimBgbíbliabibliotecabilinguismoBilinguismo tv recordBilnguismoblog da Oxfordbolinho de chuvabolsaborboletabordadoBranca de neve modernabranquinhobrigaBriga entre irmãosbrincar de rodabrinquedosbruxasBulimiabullyingbuscar filho de pijamacabcabidescabrascachorrocafécafé da manhãcafé da tardecair e levantarcaixa eletrônicoCambridgecãmeras de segurançaCamõesCanyon BrasileirocapoeiraCarlos Drummond de Andradecarro erradocarro novocarro que não pegaCartacartascartõescasteloscelularcenourascérbrocérebrocertificadocervejaCésarcéucéu abertochá das cincocheiroschoque culturalchoroChristian BarbosaciclosCientistascinco sentidoscinquenta tons de cinzacírculosclarãocoachingcoisas de mãecoisas quebrndo em casacolcha de retalhoscoleçãocomidacomo escolher uma escolacomo não esquecer das coisascompartilharcompetitividadecomplexocomprascompras coletivascompras onlinecompreender as mulheresComprometidaconcentraçãoconfraternizaçãocongressoconscienteconsistênciacontascontos de fadacontrole de pesocontrole remotoconversar com homensconvitesconvivência familiarcoordenação motoracorescorreiocorrer atráscorrupçãocortar-seCortellacozinhando em famíliacozinharcpflcrendicescriança choronacriançascrianças cristalcriando hamsterscriatividadecristalcríticacríticascrizeiroscromoterapiacrônicacrossing linesCruzeiroscruzesCrystal Symphonyculináriacurriculum vitaecurso de extensãocurso de felicidadecurso online de línguascursoscursos extrascursos onlinecuttingCVdanças circularesdecorardefiniçãodeixa a vida me levarDemidepressãodesculpasdesejodesempregodesmotivaçãodespedidadesvantagens do extrovertidodia das criançasdia das mãesDiana GabaldondiárioDiário em tópicosdias de chuvadicasdicas para a felicidadedicas para estágiodificuldades de aprendizagemdiplomaDislexiaDisneyditadoDivergentedois mesesdor do crescimentodormirDownton AbbyDRDra Ellen BialystockDra Ellen BislystockEADeconomiaeducaçãoEle simplesmente não está a fim de vocêeleiçõeselevadorElizabeth Gilbertelogioelogiosem RomaEmagreceremoçõesemojisemoticonsempregadoempregávelempregoemprestar livrosenergia negativaenfurecer um estrangeiroensinarentrada em bancosentrevistaenvelhecerenvelhecimentoEric R Kandelerrorexerroserros. MalévolaervasescolaEscola de princesasescolas bilinguesescolas públicasescolhaescorregadorescreverescuta atentaescutarEspecialistasespiritismoesquiarestação de skiestacionar no conhecimentoestudando em casaestudarestudo do meioestudosEurekaexamesexchangeexemplosexercicíos para miopiaexercitarexpectativa de professoresexperiênciasExperimento de Rosenthalextroversãoextrovertidofalar com meninosfalta de tempofamíliafasesfatores motivacionaisfaxinaFEIfeijãofeijoadafeijõesfelicidadefériasFernando TorquatoferrofestaFGVficando independentefichasfilho pródigofilhosfilhos crescemfilhos e filhasfilhos e trabalhofilhos oufilhos saindo de casafilosofarfilosofiafim de anofinançasflashcardsflor azulfocofomeformigasfórmulasfrases para viagemfrustraçãofrustraçõesfurãoGabaldongaleriagangorragarantido e caprichosoGardnerGato de CheshireGBgeléiagenéticageografiageração nem-nemgeração Xgerações Xgestaçãogestão de pessoasgol begeGolemanGordon Shawgratidãogravidezgritosgrowing painguaranáguardaGuimarães RosaGustavo Cerbasihábitoshábitos brasileiroshackerHarrodsHarry PotterHeidelbergHelen BuckleyHérculeshistóriahistória das pedrashistória em quadrinhoshistória recentehistóriashistórias de frustraçõesHofbrauhaushomenagemhora de dormirIçami TibaicebreakerimigraçãoimitaçãoimpostosimpulsoinclusãoinconscienteindigoinfânciainflaçãoInglaterrainglêsinglês onlineinsightinstintoInsurgenteinteligência emocionalintercâmbiointercâmbio em casaintercambistasinterdisciplinaridade.internetinvejainvestigaçãoirmãosIsaac NewtonItaimbezinhoItáliaJapãojardinagemJay AsherJeffersonianJennifer B. KahnweillerJennifer Kahnweillerjogo de memóriajogos na educaçãojovensKarnalKidzaniaLadrilhoslanche saudávellanches escolareslaranjalatimleiituraleituralembranças da infâncialenda do porco espinholerLewis CarrollLi WEElição de casaliçõeslições para sempreLifelimiteslíngua estrangeiralinguagem de criançalinguagem familiarlínguaslivro e filmelivrosLondresLondres em um dialsaber erLuiz Alca de Sant`Annaluzes de natalM&Mmaçã azulmãemãe e filhamãesmais ou menosmalasmandalasmaniasmaquiagemMário Sérgio CortellamariposamassaMatemáticamaterial escolarmau olhadomedomedo de crescermedo de mãemedo de voarmemóriaMemorial do Holocaustomemorizarmeninos emeninasmensagens genéricasmentes criadorasMergulhomesencéfalometasmeteorosmétodo fônicométodos para aprender línguasMetrôMiamiMillennialsmiolomiopiamissão cumpridamitosmitos alimentaresmodamoedamotivando os filhosmotivating studentsmovimento escoteiroMozartmudançasmulheresmultilinguasmundo realMuniquemuromúsculosmuseuMuseu da Farmáciamúsica de fundonascerNatalnavionetflixneurologistasNeuschwansteinnighty nightninho vazioNomofobianotas baixasnotas escolaresnova escolanova línguanova ortografiaNova Yorknovos rumosnúmeroso que as mulheres queremo que queremOABobediênciaobras sociaisobrigações dos paisonlineONUOração de São Franciscoordem das coisasorganizaçãoorganização de tempoos 13 porquêsotimismoOutlanderoutonoouvirovelha negraovopaispais e filhospalavraspalavras mágicaspãopapéispapo de mulherpapo modernoparábolasparqueparte da famíliapassarinhopasseiopassos da elaboração de uma questãopassos de uma aulaPaulo CoelhoPaulo FreirePaulo Vieirapedraspega varetaspenetrapensarperguntasperguntas na escolha da escolaperigospersonalidadepés de feijãopesquisasPeter Panpilares da educaçãopinopinturaplanejamentosplanilhaplateaupoderpokemonpokemon gopolegarespontualidadepop-up dispenserPortugalpós estudosPprofissãoprancha de surfprazerprazospreconceitoprenúnciospresentepresentespresntepressaprimeiro dia de aulaprioridadesprojetoprovasprovérbio portuguêspsicólogosPuccapular corda.pulseiraquarto de adolescentesquartosQuestões do coraçãoquestões em brancoquintalRachel Wilkerson Millerranzinzarecados para uma filha; revelaçõesreceitareceitas de boloredaçãoredaçõesredes sociaisreforço positivorelacionamentosremédioresiliênciareunião de condomínioreunião de paisreunião pedagógica; Tarja Brancarevelaçõesrevisão de provaridículoritalinaRobert WongRoberto Shinyashikirodarolinho de lagostarotinarótulosruasala de esperasaudadesaudadessaúdeSavernesconesseduçãoseguradorasegurança na saída da escolaseleçãosemáforosementesSempre nas nuvenssentimentossentimentos negativosser felizsérieséries de tvsete anõesShawsilábicosimplicidadeskiarskypeslacklinesmatphonessolidariedadesonhossouvenirsSteve JobsStrasbourgsubwaysucessosuper proteçãoTaiwantamanho.bijuteriastarefa dos paistarefastarefas de casaTarja BrancaTDATDAHTEAtécnica para vencer o medotécnicas de aprendizagemtécnicas de despedidatécnicas de ensinotecnologiatecnologia e m sala de aulatempotempo livretempo voaTerezinha Riosterrateste de aptidãotestemunho de um adultatestestexto criativotextos perdidos.ThanksgivingThe Bilingualism ReaderThe walking deadtimidezTobias BarretoTOCTony Bellottotopo da montanhatortastrabalhandotrabalho do professortrabalho em grupotrabalhos escolarestreinamentotreinamento para alegriatreinotrematributotrigotristezastudo passatvuma família grandeundergroundUnescovantagemvantagens de ser bilinguevencendo a timidezVencendo o TDAHvencer o medoventiladorverbas.verdevermelhovestibular. estudarviagemviagem a Londesviajarvidavida de mulhervideo classvinagreviolãoviolênciaviolinovirusvisãovítimavivovizinhosvoovovósWashington Olivettowhat´s appwowYY ZZ e millenium

Arquivos